DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE ECONÔMICA EM QUALQUER DIA E HORÁRIO

12/06/2019

Recentemente publicada, a Medida Provisória 881/2019, denominada “Declaração de Direitos de Liberdade Econômica”, estabeleceu como meta alavancar o empreendedorismo no Brasil, desburocratizando a atividade econômica e proporcionando garantias de livre mercado e autonomia da vontade, principalmente no que tange à diminuição regulatória do Estado sobre a iniciativa privada.

 

Os três pilares (princípios) da MP são: a) a presunção de liberdade no exercício de atividades econômicas; b) a presunção de boa-fé do particular; e c) a intervenção subsidiária, mínima e excepcional do Estado sobre o exercício de atividades econômicas.

 

Temos, portanto, que a MP visa contornar a estagnação econômica e a taxa de desemprego no País, alcançar o crescimento e o desenvolvimento ao reduzir a burocracia para pequenos e médios empreendedores desenvolverem suas atividades, além de estabelecer a mínima e excepcional intervenção do Estado.

 

Ainda, cabe destacar o artigo 3º, inciso II, o qual dispõe acerca da liberdade para desenvolver atividade econômica em qualquer horário ou dia da semana, observadas as normas ambientais, as restrições do direito privado, incluídas as relativas à propriedade e à legislação trabalhista, o que amplia e fomenta as possibilidades comerciais.

 

A Medida Provisória precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional nos primeiros 120 (cento e vinte) dias após sua publicação. Do contrário, perderá seus efeitos.

 

Resta dizer que ainda há muito a ser discutido e, por ora, nos resta aguardar os desdobramentos que a MP causará.

 

FONTE: Planalto

 

Jonatan da Silva Rodrigues

TAVARES E PANIZZI SOCIEDADE DE ADVOGADOS – OAB/RS 1774

Please reload

Fones: (51) 3466-4177 - 3472-1856 - 3059-1444

Rua Victor Kessler, 194, Canoas/RS - CEP 92310-360 | tavarespanizzi@tavarespanizzi.com.br