STJ UNIFICARÁ ENTENDIMENTO SOBRE BASE DE CÁLCULO DAS CONTRIBUIÇÕES DE TERCEIROS.

O tema a ser analisado pretende decidir se as contribuições parafiscais, incluindo as destinadas ao sistema ‘S’ (Sesi, Sesc, Senai, etc.) devem ter a base de cálculo limitada em 20 (vinte) salários mínimos. Hoje, tais contribuições incidem sobre a folha de salários, assim como a contribuição patronal de 20% e a contribuição ao RAT/SAT.


Assim, o Superior Tribunal de Justiça, em recente julgado, decidiu incluir esta discussão na sistemática de recursos repetitivos. Isso quer dizer que todas as demandas em trâmite ou que venham a ser ajuizadas em todo Brasil devem, agora, aguardar o julgamento final do tema pelo STJ.


Vale lembrar que o entendimento do STJ até o momento tem sido favorável ao contribuinte. Logo, a possibilidade da concessão do direito de limitar a base de cálculo de tais contribuições se mostra mais uma oportunidade de redução de carga tributária às empresas.


Fonte: STJ Resp. 1.898.532


Nídia Ferreira de Oliveira - OAB/RS 101.879B

TAVARES E PANIZZI SOCIEDADE DE ADVOGADOS – OAB/RS 1774

Fones: (51) 3466-4177 - 3472-1856 - 3059-1444

Rua Victor Kessler, 194, Canoas/RS - CEP 92310-360 | tavarespanizzi@tavarespanizzi.com.br